Por que os efeitos do treinamento físico parecem diminuir ao longo do tempo

Já aconteceu com você de, após um determinado período de treinamento físico, perceber que o corpo estacionou, ou seja, o treinamento físico já não está mais apresentando os mesmos resultado embora continue se exercitando?


O ser humano, por natureza, é super adaptável. Quando recebe um estímulo diferente do habitual, ele se adapta facilmente, entrando em um processo chamado homeostase. O estado de homeostasia indica a propriedade do organismo de permanecer em equilíbrio mesmo quando ocorrem mudanças radicais no meio externo. Fisiologicamente falando, todo o nosso sistema funcional se adapta a mudanças, organizando e otimizando os esforços necessários para manter o equilíbrio funcional do corpo.


Quando começamos um treinamento físico específico, o organismo recebe essas mudanças e responde alterando completamente seu funcionamento, gerando mudanças fisiológicas como: alteração de frequência cardíaca, aumento da pressão arterial, aumento da capacidade pulmonar, fortalecimento das musculaturas, aumento da queima de calorias,etc. 


Porém, após um tempo recebendo o mesmo estímulo, seu corpo entra em uma zona de conforto, se adaptando à atividade, e entrando em um estado chamado efeito platô. As mudanças fisiológicas não são mais significativas e você começa a sentir que os efeitos do treinamento físico já não são mais aqueles desejados.


Se isso já aconteceu com você, vou dar algumas dicas que ajudam a evoluir seu treino.


Experimente gerar novos estímulos!


Se você pratica apenas uma atividade física, como por exemplo a musculação, é importante variar a intensidade, carga, tempo de descanso, etc. Se você pratica apenas uma modalidade esportiva, que tal experimentar outras em momentos de lazer? Por exemplo, esportes com raquetes (beach tennis, tênis, frescobol) são esportes que exigem o corpo como um todo. Realizar atividades como natação, treinamento funcional ou até outros esportes, vão gerar novos desafios para o corpo, ajudando a não entrar no estado de platô e podendo até melhorar a performance do esporte principal.


Variar os estímulos de treinos ou realizar atividades multidisciplinares fará com que seu corpo saia da zona de conforto, permaneça em constantes mudanças fisiológicas e, como consequência, manterá seu corpo à procura de novas adaptações, melhorando o condicionamento físico de uma forma geral.


A variação de estímulos por meio da utilização de diversas disciplinas é um dos pilares do Treinamento Movimento Consciente, a combinação de elementos encontrados nos exercícios funcionais com movimentos da ginástica olímpica, calistenia, lian gong, yoga acaba criando uma sensação de constante desafio para o corpo, fazendo com que ele nunca entre em zona de conforto.


Para saber mais sobre o Treinamento Movimento Consciente, clique aqui.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Posts Recentes

Já pensou em eliminar as dores musculares e a rigidez de movimento?

Aprenda a realizar a auto liberação miofascial e diga adeus ao desconforto!

Aproveite a promoção de Pré-Lançamento !

Corpo e mente